Tropicalismo

Carnaval 50 anos do Tropicalismo


Misturando elementos tradicionais com a cultura pop e inovações tecnológicas, o Tropicalismo foi um movimento de vanguarda que, na segunda metade da década de 60, teve grande impacto não só na música, mas também nas artes plásticas, cinema e poesia. O marco inicial foi o Festival de Música Popular, realizado em 1967 pela TV Record. Entre seus maiores expoentes se destacaram os baianos Caetano Veloso, autor da música que batizou o movimento, Gilberto Gil e Tom Zé.

Ignorando as convenções da época e as críticas dos puristas, os tropicalistas promoveram uma ruptura com a cultura tradicional, introduzindo elementos como a guitarra elétrica, em obras que podiam mesclar o rock, o baião, o samba, a bossa nova e o bolero. Já as letras das músicas eram marcadas por um tom poético, com críticas sociais e abordando temas do cotidiano de uma forma inovadora e criativa, no país já dominado pela ditadura militar. Nas artes plásticas, o movimento também foi inovador ao absorver inovações estéticas, a exemplo da pop art.

Músicas como Tropicália e Alegria Alegra, de Caetano Veloso, Domingo no Parque, de Gilberto Gil, e Parque Industrial, de Tom Zé, refletem bem o espírito tropicalista. Os parangolés, obras do artista plástico Hélio Oiticica que podem ser manuseadas, são a marca do Tropicalismo no campo das artes plásticas.

Homenagem


Por sua influência decisiva na cultura brasileira, o movimento que completou 50 anos em este ano será homenageado pelo Governo do Estado da Bahia no Carnaval 2017. A estética do Tropicalismo vai ambientar toda decoração do Carnaval do Pelourinho, um dos espaços mais disputados da festa na cidade por quem prefere uma folia que abrange maior diversidade cultural.

O Carnaval do Governo do Estado, por mais um ano, irá garantir a segurança dos foliões e os serviços necessários ao pleno funcionamento da festa. O apoio aos blocos tradicionais, a contratação de grandes atrações em trios sem corda e a festa no Centro Histórico de Salvador são algumas das atrações asseguradas pelo Estado.